O Miragem presente no Compai dia 29/03/2019

Compartilhe a matéria


Luís Eduardo Andrade, Presidente da AMOM e Conselheiro do COMPAI – Conselho Municipal de Política Ambiental Integrada, Bruno Colonnese, Diretor de Comunicação da AMOM, e Rafael Freire, biólogo, engenheiro ambiental, membro de entidades ambientalistas, consultor, Coordenador da Comissão de Meio Ambiente da AMOM participaram hoje da segunda reunião ordinária do COMPAI.

Nesta reunião alguns passos importantes foram dados:

  1. Formalização das Câmaras Técnicas e orientação de como devem funcionar.
  2. Definição de uma reunião extraordinária em 26 de abril para cada Conselheiro Representande de Secretaria possa apresentar o trabalho que a Secretaria desenvolve.
  3. Definição do Grupo Gestor do FUMPAI – Fundo Municipal de Política Ambiental Integrada que será composto pelo Secretário do Meio Ambiente, Secretário da Fazenda e Conselheiro Luís Eduardo Andrade.
  4. Foram apresentadas propostas de alterações no Regimento Interno do COMPAI pelo Conselheiro Suplente Hendrik Aquino e Conselheiro Luís Eduardo Andrade. Ficou definido que na próxima reunião ordinária será votado o novo Regimento.
  5. Foi apresentado um Relatório do Conselho Municipal de Saúde sobre a problemática de descarte de materiais recicláveis e entulhos e a consequente proliferação de vetores e doenças no bairro de Quingoma. O Conselheiro Luís Eduardo Andrade sugeriu que o COMPAI solicite ao Núcleo de Práticas em Serviço Social da UNIME relatório de um Projeto de Pesquisa sobre esse tema realizado lá em Quingona para auxiliar o COMPAI na compreensão científica do Problema.
  6. O Conselheiro Luís Eduardo Andrade apresentou uma proposta de indicação para a SEMARH e Secretaria de Educação realizarem um Projeto Piloto de implantação de Horta em Escola Municipal para Educação Ambiental. Falou que a Escola Municipal Jovina Moreira Rosa no Loteamento Miragem pode ser ampliada para este fim, pois temos área do Município ao lado da Escola aproriada para tal. Que nesse Projeto Piloto iniciado na Escola Jovina teríamos a integração da Escola e Comunidade, pois já a alguns anos temos no Miragem um Projeto intitulado Mãos na Terra – Horta Comunitária. Essa expertise do grupo de moradores que fazem parte do Mãos na Terra pode ser aproveitado nesse Projeto Piloto. E falou que para essa ampliação da Escola pode ser utilizada uma das Contrapartidas Sociais de construções em andamento no Loteamento, conforme compromisso assumido pela Prefeita em 09 de janeiro de 2019 – aplicar pelo menos 50% das Contrapartidas no Miragem. A partir dessa apresentação do Conselheiro Luís Eduardo Andrade outros Conselheiros relataram outras iniciativas que existem em Ipitanga e outros bairros. Daí foi sugerido pelo Conselheiro Suplente Marcelo que o COMPAI elabore um Programa para atender toda a Cidade.
  7. Pelo adiantado da hora a Reunião foi encerrada sem a discussão da Proposta do Conselheiro Luís Eduardo Andrade sobre a normatização da Gestão dos Resíduos dos pontos de venda de coco na Cidade. Segundo o Conselheiro tem observado que os cocos após abertos ficam expostos por alguns dias a céu aberto se tornando recipientes de vetores gerando risco à saúde de toda a população. A Proposta seria uma norma para o descarte diário desse material.

Comunicação / AMOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *