Em Fazenda Coutos, academia e supermercado são flagrados fazendo ”gato”

Compartilhe a matéria

Nesta quarta-feira, 16, no bairro de Fazenda Coutos, uma academia e um supermercado, foram flagrados desviando água da rede distribuidora da Embasa. A descoberta ocorreu durante uma operação de combate às fraudes no consumo de água, realizada com apoio da Polícia Civil, Polícia Militar e Departamento de Polícia Técnica.

Os dois estabelecimentos funcionam no mesmo imóvel e estavam com a água cortada por falta de pagamento. O débito é superior a R$ 90 mil. A Embasa já havia percebido que a ligação de água havia sido reaberta irregularmente, e buscou realizar uma vistoria no local, mas os técnicos tiveram o acesso impedido. Diante disso, a empresa buscou o apoio da polícia para realizar a vistoria e retirar a fraude. Os responsáveis pelo imóvel não foram encontrados no momento do flagrante, mas serão convocados para prestar esclarecimentos na 5ª Delegacia, em Periperi, durante o inquérito policial.

Qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da empresa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente. De acordo com o Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, a prática de furto de água é qualificada como crime contra o patrimônio, sujeita a pena de reclusão, além de multa. O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas e corte no abastecimento do imóvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *